Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

Empréstimo para autônomo: como comprovar renda?

Veja como é possível ter acesso a linhas de crédito para alavancar seu trabalho.
Homem de óculos sorrindo enquanto analisa documentos

Seja para organizar as finanças ou investir em estratégias que potencializam as vendas de seus produtos ou serviços, o empréstimo pode ser uma solução interessante para os autônomos.

Atualmente, o mercado investe em ofertas que garantem a você a possibilidade de solicitar crédito às instituições financeiras com inúmeras facilidades, como por exemplo, taxas mais baixas, mas para isso, um dos principais pontos necessários é ter renda comprovada. 

Descubra, abaixo, como fazer isso de forma prática e acessar os empréstimos para autônomo. 

Como conseguir um empréstimo para autônomo


Esse tipo de profissional tem acesso a variadas linhas de crédito, com diferentes propostas e vantagens. Em geral, as condições para obtê-los dependem do tipo de empréstimo solicitado, mas em todos os casos, os autônomos precisam de algum modo comprovar sua renda. 

Isso porque, para os credores, há um risco maior devido à realidade dos ganhos, diferente de emprestar dinheiro para quem tem um salário fixo, por exemplo. 

Os tipos de empréstimo para autônomo


Sem dúvidas, obter crédito é uma possibilidade e existem diferentes alternativas no mercado, sendo que algumas delas são voltadas para os negócios e outras para o uso pessoal. Em ambas situações, o acesso é facilitado com comprovantes de renda e um bom histórico de crédito. 

Entenda mais sobre as modalidades disponíveis abaixo: 

 

  • Empréstimo para negativado autônomo

Ter um bom perfil de pagamentos é um dos fatores que facilitam o acesso a esse tipo de solução. Por isso, quem tem restrições em seu nome pode ter mais dificuldade. Mas, atualmente, existem instituições que concedem empréstimos mesmo no caso de autônomos que estejam negativados, nesses casos as taxas costumam ser mais altas devido ao risco. De toda forma, é essencial pesquisar e comparar para não cair em juros abusivos.  

 

  • Empréstimo pessoal para autônomo

Recorrer a um empréstimo pessoal é a saída mais utilizada para quem precisa de dinheiro rápido. Nesse caso, normalmente só é solicitado ao cliente que apresente os extratos bancários dos últimos meses e não há necessidade de justificar o propósito para o uso do dinheiro. Outra vantagem é que existem instituições onde a solicitação pode ser feita online, de forma simplificada e sem tanta burocracia.

 

  • Empréstimo com garantia para autônomo

Existe também a possibilidade de empréstimo para autônomos com garantia. Ele funciona com a oferta de um bem como garantia (automóvel, imóvel ou terreno). Nessa modalidade, é possível solicitar valores mais altos, com prazos de pagamento mais longos e taxas bem atrativas, tendo em vista que o risco é menor, e para solicitá-lo, você precisa ter o bem registrado em seu nome. 

Um ponto de atenção importante é que nesses casos chamados de refinanciamento, o bem em questão fica alienado e não é possível vendê-lo enquanto estiver pagando o empréstimo. 

 

 

6 formas de comprovar renda sendo autônomo


Como você viu, uma das principais condições para obter um empréstimo para autônomo é a comprovação de renda, e existem diferentes formas de obter esses comprovantes. Confira: 

 

  1. Extratos bancários dos últimos meses

Os extratos ajudam a provar a movimentação financeira. O ideal é você ter uma conta PJ (pessoa jurídica), caso se enquadre como tal. Em geral, as instituições solicitam o extrato dos últimos três ou seis meses, o que pode ser obtido por meio do aplicativo da conta. 

 

  1. Comprovante de Imposto de Renda

Mesmo que você não seja obrigado, fazer a DIRF (Declaração de Imposto de Renda da Pessoa Física) pode te ajudar a conseguir um empréstimo. Ela serve como uma forma de comprovar sua movimentação financeira no ano anterior. Em muitos, pode ser que o credor peça ainda uma comprovação mais recente para complementar seu histórico. 

 

  1. Recibos dos serviços prestados

Emitir recibos para os pagamentos recebidos é outra maneira interessante de comprovar sua renda sendo autônomo, mas não se esqueça de exigir que os clientes assinem os recibos para se tornarem oficiais. Outra dica é usar o Recibo de Pagamento Autônomo (RPA), pois ele comprova o pagamento para pessoas físicas sem caracterizar os serviços como vínculo empregatício. 

 

  1. Decore

A sigla para Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos é uma espécie de holerite voltado para os profissionais autônomos, liberais e microempreendedores individuais (MEIs). É uma forma confiável de comprovar renda e pode ser conseguida com um contador habilitado. 

 

  1. MEI

Ao fazer a Declaração Anual de Faturamento do Simples Nacional do Microempreendedor Individual, o profissional envia todos os dados de faturamento para a Receita Federal. Ou seja, se você é formalizado como MEI, consegue usar esse documento como comprovante de renda. 

 

  1. Contratos

Por fim, os contratos de serviço prestados funcionam como uma formalização dos serviços oferecidos para os clientes. Esse tipo de documentação pode ser usada para comprovar sua renda. 

👉Conheça também outras soluções para negócio

 

Cuide da sua saúde financeira e aumente as chances de conseguir um empréstimo! 


Existem ainda outras maneiras de favorecer seu acesso ao crédito sendo autônomo. Entre elas, manter o seu cadastro positivo e sem restrições no CPF, formalizar seu trabalho e até mesmo manter um bom relacionamento com a sua instituição financeira. Aliás, existem instituições que facilitam seu acesso a crédito financeiro e que te ajudam a se reestruturar financeiramente.

 

[Conta MP - Blog] Abrir conta MP - crédito rápido e sem burocracias


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados