Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

Renda extra: os melhores produtos para revenda

Revender produtos pode ser uma ótima oportunidade para quem quer empreender e aumentar sua renda. Veja boas opções para começar!
Mulher tirando fotos de roupa para vender

Recentemente, grandes marcas do mundo da moda, como Adidas e Gucci, passaram a investir de vez no mercado de revenda.

Isso quer dizer que elas têm reaproveitado peças de coleções antigas e, até mesmo incentivado os consumidores a venderem seus produtos usados, criando um ciclo maior de uso das peças.

Está enganado quem pensa que essa é uma possibilidade apenas para marcas super famosas. Na verdade, pode ser uma ótima oportunidade para quem quer empreender e investir no mundo digital - seja por meio de produtos seminovos, peças de produção própria, entre outros.


8 melhores produtos para quem quer revender 

E as possibilidades de revenda não param por aí! Esse é um cenário que oferece diversas opções – inclusive, com baixo investimento inicial. Espia só:

seta2 Roupas usadas

Sustentabilidade, exclusividade e preços atrativos. Esses são três dos pilares que explicam por que o mercado da revenda de roupas e vestuário, incluindo também sapatos e acessórios, tem atraído mais compradores. Já há algum tempo, o conceito de moda sustentável está em alta e se torna um fator cada vez mais relevante para os consumidores. Além de minimizar os impactos no meio ambiente, é possível ter acesso a peças vintage e exclusivas, diferente dos itens de fast fashion. Outro ponto interessante é a economia. Mesmo quando se fala dos chamados brechós premium, é possível encontrar itens de marcas de luxo por um preço muito mais atrativo do que peças de coleções atuais, por exemplo. 

Como empreendedor, você pode pegar carona nessa onda, sem precisar investir rios de dinheiro. Nesse caso, o importante é treinar os olhos para garimpar boas peças. 

 

seta2 Bijuterias

As bijuterias e semijoias também são produtos bastante conhecidos quando o assunto é revenda. Um ponto decisivo nesse mercado é encontrar os fornecedores certos. Existem regiões bem conhecidas por serem polos, como o Brás e a Rua 25 de Março no centro de São Paulo, onde é possível encontrar diversas lojas que comercializam bijuterias, no varejo e atacado. 

Já para quem busca revender produtos de qualidade superior, como folheados, a cidade de Limeira, em São Paulo, pode ser o destino certo. Responsável por cerca de 70% da produção nacional do setor, é considerada a capital nacional dos folheados. 

Em suma, é possível comprar peças prontas com preços bem competitivos. Além disso, outra opção é adquirir os itens para criar suas próprias bijuterias ou desenvolver uma linha para sua marca. Quanto maior a personalização, maior o valor agregado. 

 

seta2 Produtos de catálogo

Quando o assunto é revenda, esse é um dos modelos de negócio mais consolidados. A sua principal vantagem é que, na maioria dos casos, você não precisa contar com um investimento muito alto para começar a fazer dinheiro. Mesmo quando é necessário, o kit inicial de vendas costuma ter um valor bem amigável.

Outro ponto positivo é não gerar estoque. Somente o catálogo já oferece a listagem dos produtos disponíveis e informações para que se possa apresentá-los e ofertá-los aos clientes. 

 

seta2 Importados

Mesmo com a alta do dólar e os impostos, existem diversos produtos importados que ainda apresentam uma margem bem vantajosa. Neste segmento, é possível apostar em nichos ou um mix de produtos variados. Entre os itens mais comuns de importados para revenda estão perfumes, eletrônicos, relógios, óculos e acessórios de luxo, bolsas e cosméticos.

seta2 Alimentos

O ramo da alimentação também é bastante amplo. De franquias famosas à comercialização de itens regionais ou marmitas fit, não faltam opções para empreender. 

Produtos bem característicos de regiões turísticas, como queijo, cachaça, chimarrão, geleia, tapioca e doces, podem ser uma boa pedida. Outro setor em crescimento são os negócios de marmita fitness, seja trabalhando como franqueado ou produzindo seus próprios pratos.

 

seta2 Produtos DIY

Você já ouviu falar em DIY? O chamado "do it yourself" (do inglês, "faça você mesmo") pode ser também uma ótima oportunidade. Nesse caso, você entra com a personalização de diversos itens, agregando um maior valor a eles. E as possibilidades são amplas: peças de roupa, itens de decoração, acessórios e muito mais. 

A revenda de itens DIY pode ser absolutamente qualquer coisa criada ou personalizada por você. O importante é pesquisar, dentre os seus interesses, quais são as ideias mais rentáveis e aquelas nas quais o seu negócio possa se destacar. 

 

seta2 Cosméticos

Seja com perfumes, produtos para skincare ou maquiagens, esse universo rende uma clientela fidelizada, afinal de contas, são itens de recorrência, já que acabam e precisam ser repostos. 

Além de trabalhar com produtos consagrados, existem indústrias dedicadas a te ajudar no processo de criar produtos próprios. Um ponto de atenção e que pode render um destaque, são marcas que levam em conta a formação racial do Brasil, como itens pensados especialmente para cabelos cacheados e produtos que atendem a todos os tons de pele, por exemplo. 

 

seta2 Eletrônicos

Difícil falar em revenda sem pensar nos eletrônicos e acessórios. Com a tecnologia cada vez mais presente no dia a dia das pessoas, itens como smartphones, notebooks e periféricos são essenciais. Seja vendendo importados novos ou se especializando em itens de segunda mão, esse mercado tem tudo para continuar crescendo. Além disso, há também espaço para aumentar o leque dos negócios e oferecer manutenção, acessórios como películas, carregadores, fones e etc.

 

Por que esse mercado vale a pena?

Para quem está pensando em começar um novo negócio ou ter uma renda extra, as revendas podem ser uma ótima jogada. Assim, você tem autonomia para gerenciar seu empreendimento – do quanto quer investir até a gestão do seu tempo. Além disso, o baixo investimento inicial acaba chamando bastante a atenção e fazendo desta, uma ideia extremamente atrativa.


Considere a revenda na hora de investir em um novo negócio

Como você viu, o mercado de revenda oferece muitas possibilidades para quem busca uma renda extra ou quer empreender. Nesse universo, há uma infinidade de produtos, do brechó de luxo aos eletrônicos, que você pode comercializar sem precisar de grandes investimentos. Basta pesquisar aqueles com os quais você tem maior afinidade e começar a planejar suas vendas.

 

Soluções_Mercado_Pago


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados