Skip to content
Entre Crie sua conta

Rendimentos no Mercado Pago

Conheça a biblioteca

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada

Conheça a biblioteca

Gestão logística no dropshipping: o que é e como otimizá-la

Mercado Pago: Homem e mulher usando coletes refletivos e capacetes de EPI fazendo a gestão logística da empresa, enquanto carregam um veículo de transporte com caixas fechadas.

Se você começou ou pensa em começar no dropshipping, saiba que ter uma gestão logística eficiente no seu negócio é um dos primeiros passos para garantir mais vendas e que elas sejam otimizadas, do início ao fim.

Ou seja, com uma boa estratégia de logística, é possível que uma venda tenha todas as suas etapas realizadas de maneira eficiente, fazendo com que o produto chegue ao cliente no fim do percurso seguro e no prazo, proporcionando uma experiência mais elevada a ele e, em paralelo, aumentando o sucesso do seu negócio.

 

O que é a gestão logística no dropshipping?

A gestão logística é um item essencial para os dropshippers, isso porque é por meio dela que a sua marca aparecerá de maneira física ao seu cliente. Mas o que isso quer dizer? Bom, a gestão logística envolve vários elementos do processamento do pedido, como a embalagem, o envio, o transporte e o atendimento ao cliente, tanto durante a venda, quanto no pós-venda. 

Esse fato, inclusive, é o que deixa o dropshipping ainda mais interessante, poder se dedicar mais às vendas e menos ao processo de logística que, com boas estratégias e planejamento, funcionará de maneira automática, isso, é claro, com um bom fornecedor. A venda por dropshipping faz com que você não tenha que dedicar energia e recursos para essa etapa no seu negócio, porém exige que você escolha fornecedores qualificados.

A escolha do fornecedor é também um item essencial, já que, se o fornecedor não seguir estes passos, o seu negócio poderá ser prejudicado. Selecionar fornecedores de confiança e com boa reputação garantem que a experiência de compra de seus clientes, não será prejudicada.

 

Gestão logística no dropshipping: 5 passos para o sucesso

Apesar de o dropshipping ser um modelo de negócio em que a venda sem estoque é o foco, há a necessidade de se construir uma relação próxima entre sua loja e seu fornecedor, dessa maneira fica mais fácil para quem é um dropshipper controlar a experiência do seu produto. 

Além disso, esse controle faz com que o processo de logística seja mais seguro, sem falhas e com maior satisfação do cliente. Para isso, alguns passos são importantes para estabelecer um dropshipping de sucesso:

 

  1. Configure seu dropshipping: de início, é necessário que você crie seu e-commerce, escolhendo uma plataforma otimizada e que já possua credibilidade no mercado. Com isso, você escolherá seus produtos, os incluirá na sua loja, com descrição, fotos e conteúdo. Configure também a página de checkout, local em que é efetivada a compra pelo cliente. Por fim, certifique-se de encontrar fornecedores que ofereçam bom atendimento.

  2. Entre em contato com fornecedores confiáveis: se você já foi comprar frutas na feira e procurou ao longo de toda sua extensão pelas melhores opções, saiba que no universo do dropshipping o processo é similar. Você precisa encontrar o melhor fornecedor e também fazer contato, entendendo como ele trabalha e como ele pode ajudar seu negócio.

  3. Venda seus produtos e receba os pedidos: com o dropshipping você faz a venda sem estoque, dessa forma, você precisa focar prioritariamente na venda e também nos recebimentos de pedidos que chegam no seu e-commerce.

  4. Repasse ao seu fornecedor: com o pedido recebido através do site da sua loja, basta redirecionar o envio ao fornecedor, que fará a embalagem e o transporte até o cliente. É interessante definir um fluxo para o repasse das informações, por exemplo: todos os dias no período da manhã, para que todos os pedidos possam ser preparados à tarde. Dessa forma o processo é otimizado.

  5. Trabalhe no pós-venda e atendimento ao cliente: com o pedido já enviado ao cliente, é hora de entender se ele gostou do processo. Procure enviar comunicações para que o cliente avalie sua experiência de compra na sua loja online, questione se ele tem alguma sugestão ou reclamação, assim como a sugestão de novos produtos que tenham relação com aquele que ele comprou.

 

👉 Guia prático para gerenciar um pequeno negócio na prática

 

6 dicas de como melhorar sua gestão logística no dropshipping

Mesmo em vendas sem estoque, é sempre importante inovar na gestão logística da sua loja. Imagine, por exemplo, que você é o cliente e que comprou algo de uma loja de dropshipping. Quando o produto chegar, você avaliará em primeiro lugar o tempo de entrega, o tipo de embalagem e, por fim, o produto em si. 

Dessa forma, o foco total é a logística e você precisa estar ligado nos desejos e necessidades dos clientes, assim como as inovações do mercado. Por isso, tome nota:

 

1. Diversifique seus fornecedores

Mesmo que você tenha encontrado um ótimo fornecedor, é interessante buscar outros, isso faz com que você não fique na mão se este fornecedor falhar. A busca por novos fornecedores também te possibilita encontrar melhores produtos para dropshipping e preços.

 

2. Tenha uma integração eficiente do seu dropshipping com o estoque do fornecedor

Nada pior que seu cliente comprar um produto e depois ver que ele não pode ser entregue porque não tem em estoque. Por isso, as informações de estoque da sua loja com a disponibilidade do fornecedor precisam ser integradas e constantemente atualizadas.

 

3. Forneça informações precisas sobre rastreamento

Já comprou um produto que prometia chegar em um dia e chegou dias após? Pois é, essa situação pode comprometer novas vendas, por isso, garanta que seu fornecedor repasse informações precisas sobre o rastreamento.

 

4. Estabeleça uma comunicação eficiente com fornecedores

Um bom relacionamento com os fornecedores faz com que você tenha vantagens, como prioridade de produtos, melhores condições de frete, maior acesso a informações e demais benefícios.

 

5. Estabeleça políticas de devolução e cancelamento

Entenda com o seu fornecedor como funcionam as políticas de devolução de produtos e a política de cancelamento de compra, pois isso deve estar claro no seu e-commerce, assim como o processo de estorno de valores.

 

6. Otimize sua página de produtos

Uma página otimizada proporciona mais vendas, já que o cliente tem mais simplicidade, comodidade e facilidade na hora de comprar. Além disso, uma página otimizada também precisa contar com segurança de ponta a ponta, por isso, escolha plataformas que oferecem isso.

 

Dropshipper, fica a dica e invista em seu negócio! 

Investir no seu negócio significa também focar na gestão logística, pois ela pode ser a representação da sua marca para o cliente. Além disso, escolher fornecedores comprometidos com a satisfação do cliente é a chave para garantir uma experiência positiva e, consequentemente, impulsionar as vendas. Isso é crucial para o êxito do seu empreendimento

E lembre-se: ser um dropshipper de sucesso é investir nas áreas certas, como a gestão logística, para sempre trabalhar com a sua loja de dropshipping de forma inteligente, extraindo o melhor do que o mercado pode oferecer.

 


💡 Leia também:

Quer vender online? Saiba quanto custa operar um Dropshipping

O que é dropshipping nacional e como fazer de forma eficiente

Como utilizar a Inteligência Artificial em sua loja Dropshipping

Venture capital Dropshipping: O que é e como acelerar sua loja

Aprovação no Dropshipping: como o antifraude pode te ajudar

 

Problemas com o estoque e custos descontrolados no seu negócio? O dropshipping pode ajudar!

 


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados