Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

Dicas essenciais para vender roupas online

Diversas estratégias podem ajudar a alavancar os resultados das vendas on-line quando o assunto é moda. Descubra como atrair mais clientes!
Mulher empacotando roupas em caixas

A indústria da moda já registrava crescimento no mundo digital nos últimos anos. Com a pandemia, houve uma explosão nas compras on-line que impactou positivamente a maioria dos segmentos de e-commerce, incluindo o comércio de roupas, sapatos e acessórios. De acordo com dados da Conversion, o setor cresceu 52% no primeiro ano de pandemia. E a previsão é que continue em expansão. Afinal, estima-se que até 2025, os e-commerces de moda alcancem um faturamento de US$ 684 bilhões.

Se por um lado há procura, por outro, existem os desafios que envolvem a venda de roupas on-line. Certamente, a experiência de compra é um desses pontos, já que, diferente do varejo físico, os consumidores não conseguem provar as peças e ter percepção de material, caimento e detalhes. Outras questões como o processo de troca, logística e bom atendimento devem estar no radar de quem quer crescer nesse mercado. 


13 dicas para vender mais em seu e-commerce de moda


Veja, a seguir, ações para incluir nas suas estratégia e potencializar os resultado da sua loja virtual de moda: 

1. Invista em estratégias multicanal

 

Se os clientes estão em diferentes plataformas, sua loja também deve estar. O comportamento dos consumidores hoje é bastante dinâmico, e envolve diversos pontos de contato – da vitrine da loja física, passando pelas redes sociais e pesquisa on-line. Portanto, certificar-se de não apenas estar presente em vários canais, mas também oferecer uma experiência consistente pode ajudá-lo a se destacar.

2. Conheça bem o seu público-alvo

 

Como a moda é uma indústria gigantesca, é preciso definir claramente o seu nicho para traçar estratégias mais assertivas. Não adianta fazer plano de marketing para atingir todo mundo, se a sua loja só vende roupas esportivas masculinas, por exemplo. Mapeando bem o seu público-alvo, você consegue desenvolver melhor sua comunicação visual, pontos de contato, canais para fazer publicidade, promoções e etc. 

3. Tenha uma imagem de marca consistente

 

Esse é um cuidado essencial para se diferenciar da concorrência. Um relatório da Lucidpress aponta que a apresentação consistente de uma marca pode aumentar a receita em 33%. E isso deve estar refletido em elementos de comunicação (como usar o mesmo logotipo, apresentar a mesma paleta de cores), mas também ao adotar a mesma linguagem e entregar mensagens de marca consistentes em diferentes plataformas. Com o passar do tempo, esses elementos se tornam mais familiares aos clientes, criando assim uma percepção distinta para sua marca.

4. Use muito as redes sociais

 

A grande maioria dos e-commerces de moda investe em presença ativa nas redes sociais, e isso não é à toa. Esses canais podem funcionar como verdadeiras vitrines virtuais e fazer parte de uma estratégia de social selling, além de reforçar sua presença de marca. 

5. Fique atento à responsabilidade social

 

Os consumidores estão mais informados sobre a responsabilidade social das marcas de moda. Um relatório da Union + Webster revelou que 87% dos brasileiros afirmaram preferir comprar de marcas com responsabilidade social e ambiental. Na indústria da moda, essas responsabilidades geralmente incluem sustentabilidade, ética e inclusão social.

6. Crie valores para sua marca

 

86% dos consumidores afirmam que a autenticidade é um dos fatores mais importantes na escolha de suas marcas favoritas. Esses valores devem ser o centro das atividades de negócios e não apenas um discurso. Ser autêntico no que você diz, de forma coerente com as práticas da sua loja, é um ótimo caminho para construir confiança e manter clientes fiéis. 

7. Invista na qualidade dos seus produtos

 

Não adianta ser ótimo nas redes sociais, identidade visual e valores de marca se os produtos não têm qualidade e não correspondem às expectativas do cliente. Certifique-se de ter a melhor qualidade possível dentro da faixa de preço que você oferece. Afinal de contas, um ponto chave para a fidelização é a satisfação com os produtos. 

💡Leia também dicas de como vender pela internet

 

8. Faça boas imagens das peças

 

Enquanto o cliente de uma loja física pode experimentar, e conferir as mercadorias detalhadamente em mãos, numa loja virtual, isso não é possível. Por isso, o e-commerce, principalmente no caso da moda, precisa de boas fotos para vender. Você sabia que 67% dos compradores levam em consideração a qualidade das imagens dos produtos ao fazer uma compra? Além disso, boas imagens aumentam em 9% a conversão de vendas.

9. Tenha uma política de trocas

 

Estabelecer uma política de trocas clara e descomplicada no e-commerce é fundamental para garantir menos objeções de compra e também conquistar a satisfação e a confiança dos clientes. Aliás, desenvolver um processo transparente em relação às trocas e às devoluções é fundamental para ter uma boa conversão.

10. Invista em logística

 

Pela natureza do negócio, e-commerces de moda possuem demandas logísticas bastante complexas. Isso, pela variedade de cores, estampas e tamanhos, mas também por conta de fatores como troca e devolução. Assim, é super importante escolher bons parceiros de envios. 

11. Ofereça métodos de pagamento variados

 

Mesmo com os melhores produtos, se o seu site tiver poucas opções de pagamento suas vendas podem ser comprometidas. Não bastam os tradicionais métodos de pagar com cartão de crédito e boleto bancário. Os clientes buscam opções diferenciadas, como, por exemplo, usar carteiras digitais, Pix, débito on-line ou parcelar com boleto bancário. Quanto mais opções sua loja on-line oferecer, mais clientes poderá atender. 

12. Tenha um bom atendimento ao cliente

 

Bom atendimento pode fazer a diferença entre o sucesso e o fracasso de um negócio. Investir em um time qualificado ajuda a garantir que oportunidades de vendas não serão desperdiçadas e que sua loja estará bem representada. Portanto, mantenha seu time motivado e alinhado para que trate os clientes da maneira adequada, potencializando suas vendas.

13. Crie promoções e liquidações

 

As promoções ajudam a impulsionar as compras, fazem girar o estoque, aquecer o relacionamento com os clientes, além de atrair novos compradores. Na hora de divulgar essas ofertas, utilize todos os canais de comunicação, para maximizar seus resultados. 

Use a tecnologia a seu favor


Além de todos os pontos listados, o empreendedor deve estar atento também às possibilidades que a tecnologia oferece. Com ferramentas como vitrines e provadores virtuais e até mesmo a realidade aumentada, é possível fazer com que os compradores interajam com seu produto de maneira muito mais próxima, oferecendo uma excelente experiência. 

 

Venda mais em seu e-commerce de moda 


Gerenciar uma marca de moda de sucesso é um desafio que requer muito esforço e dedicação. Mas com tecnologia, criatividade, as plataformas e parceiros corretos, é possível se destacar e obter resultados incríveis.

 

Manual de Vendas Online com Mercado Pago


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados