Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

Desenquadramento MEI: o que você precisa saber

Descubra o que é desenquadramento MEI e fique de olho nos principais motivos que levam ao cancelamento do MEI.
Microempreendedora pesquisando o que é desenquadramento MEI

A formalização como microempreendedor individual (MEI) traz diversos benefícios e vantagens para qualquer negócio, como auxílios previdenciários e acessos a serviços financeiros. Mas é preciso estar atento ao cumprimento dos critérios da categoria. Do contrário, pode haver o desenquadramento do MEI. 

O nome pode assustar, mas não é sinônimo de problema. O desenquadramento do MEI ocorre quando um negócio deixa de atender a alguma condição exigida para ser Microempreendedor Individual, isso significa que você deixa de ser MEI. 

Mas fique tranquilo, geralmente, o cancelamento da MEI pode ser um sinal de que o seu negócio está crescendo e que o regime já não atende mais às suas necessidades. A seguir, vamos explicar como isso acontece para que você esteja pronto para essa mudança. 

 

Conheça 6 motivos que levam ao desenquadramento MEI

Os principais motivos que podem ocasionar o desenquadramento são:

icon_tick_03 Ultrapassar o limite de faturamento anual de R$ 81 mil;
icon_tick_03 Realizar atividade não permitida ao MEI;
icon_tick_03 Incluir um ou mais sócios na empresa;
icon_tick_03 Se tornar dono ou sócio de outra empresa.
icon_tick_03 Contratar mais de 1 funcionário;
icon_tick_03Decidir abrir uma filial; 

Se você notar que a sua empresa ultrapassou o limite do faturamento anual, possui mais de um funcionário ou pratica algum desses critérios não permitidos pelo regime MEI, a orientação é que seja solicitado o desenquadramento.

       

                 Leia também os Serviços para MEI na Conta Mercado Pago

 

Passo a passo de como solicitar o desenquadramento MEI

O desenquadramento por opção (nos casos em que o MEI não é obrigado a fazê-lo) pode ser feito a qualquer momento do ano. Caso seja realizado entre fevereiro e dezembro, só valerá a partir de 1º de janeiro do ano seguinte. 

O processo de transição é bastante simples e pode ser feito online por meio do serviço “Desenquadramento do SIMEI”, disponibilizado pelo site do Simples Nacional.  Confira as etapas: 

  1. Comece acessando o Portal do Simples Nacional;
  2. Clique no código de acesso da opção “Comunicação de Desenquadramento do SIMEI”;
  3. Informe o CNPJ, CPF e Código de Acesso do Simples Nacional;
  4. Escolha uma das opções de desenquadramento;
  5. Aguarde a análise do pedido.

 

Importante: O código de acesso solicitado nesse processo pode ser feito também online no portal do Simples.

 

E o que significa desenquadramento automático do MEI 

Esse tipo de desenquadramento acontece quando não há o pedido por parte do MEI, quando o próprio sistema identifica automaticamente que os requisitos não são cumpridos. Segundo o Portal do Empreendedor, ocorre nos casos em que:

seta2 A natureza jurídica da empresa é alterada para algum outro tipo diferente de empresário individual;
seta2 Uma atividade econômica não permitida ao MEI é incluída ao CNPJ da empresa;
seta2 Uma filial é aberta.


Se o MEI for desenquadrado automaticamente, é preciso apenas confirmar a mudança pelo portal do Simples. Ou seja, não há necessidade de realizar o passo a passo acima. Para os outros casos que podem ocasionar o desenquadramento como contratar mais de um funcionário, é preciso solicitar manualmente no site.

E se você está se perguntando se quem é desenquadrado é excluído do Simples Nacional, a resposta é não. Nesse caso, a partir da data do desenquadramento, a empresa passará a recolher os tributos conforme a regra geral do Simples Nacional, seja como microempresa ou empresa de pequeno porte. 

Nos casos de desenquadramento irregular (em que não houve solicitação do MEI, mas ele está cumprindo todos os critérios para se manter na categoria), é possível recorrer à decisão. Para isso, a orientação é procurar um posto de atendimento da Receita Federal e verificar o que causou o desenquadramento de ofício para que a situação seja regularizada.

Assim como é possível solicitar também é permitido cancelar um pedido de desenquadramento. Entretanto, quem fez a solicitação e deseja cancelar a operação, pode buscar ajuda na Receita Federal para que o pedido seja analisado. 

 

Fique de olho na regularização do seu negócio 

Agora que você já sabe todos os motivos que podem ocasionar o cancelamento do MEI, fique atento à regularização do seu negócio. Para saber mais sobre os benefícios, obrigações e como funciona, confira nosso artigo que explica tudo sobre MEI.

 

conta mercado pago - abrir conta mercado pago - conta mercado pago para mei


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados