Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

Entenda como funciona o Dropshipping nacional

Descubra como esse modelo de negócio pode ajudar o seu e-commerce a obter melhores resultados e aumentar a satisfação dos clientes.
Dropshipping nacional - dropshipping Brasil - dropshipping sites

O universo do comércio eletrônico oferece oportunidades diferenciadas para lojistas diferenciados. Existem maneiras das mais variadas de comercializar seus produtos e, assim, alcançando e conquistando mais clientes. E uma delas é o dropshipping

 

Essa modalidade se destaca por terceirizar a produção, estocagem e entrega dos produtos para uma empresa parceira. Geralmente, este fornecedor está alocado em outros países — a China é dos dos exemplos mais comuns —, e envia as mercadorias ao Brasil. Porém, um novo modelo de dropshipping tem chamado a atenção de muitos negócios: o dropshipping nacional. E é muito interessante descobrir um pouco mais sobre esse método.  

Como funciona o dropshipping nacional?

Em suma, o nome sugere como essa modalidade atua. O modelo é praticamente o mesmo utilizado no dropshipping tradicional: o lojista é responsável pelo canal de venda, marketing, e relacionamento com os clientes. Mas contrata um fornecedor para assegurar o estoque e envio dos produtos. Só que, nesse caso, em vez de o parceiro estar no exterior e fazer os envios de lá, ele também é brasileiro. 

Com o aumento do dólar, o dropshipping internacional (a modalidade mais comum) vem se tornando financeiramente menos atrativo. Isso, por causa de valores mais altos de mídias e anúncios pagos, como o Facebook Ads, e, certamente, por conta do frete. 

Assim, algumas empresas passaram a buscar meios de desenvolver produtos com fabricantes nacionais, testando-os, avaliando o processo de produção, fazendo a compra de patente e iniciando negócios localmente.

Vale a pena investir no dropshipping nacional?

Se comparado ao modelo tradicional, o dropshipping nacional apresenta algumas desvantagens. Entre elas, podemos listar a dificuldade de encontrar um produto "vencedor". Bastante comum em lojas de dropshipping, o "vencedor" é um item que chama a atenção do consumidor por seu funcionamento inovador e exclusivo, com um preço atrativo.

Já no dropshipping nacional, por outro lado, diversas lojas podem ter acesso ao mesmo produto dos mesmos fornecedores. Assim, fica mais difícil encontrar uma grande novidade, mas não é impossível. Afinal, os fabricantes estão abertos a sugestões de novos desenvolvimentos.

Mesmo com este desafio, existem diversos benefícios em contar com fornecedores brasileiros. Além dos itens mais comuns ao dropshipping tradicional, também envolve:

seta2 Prazos de entrega menores



Um dos principais pontos do dropshipping Brasil é o prazo de entrega muito mais enxuto. Nesse caso, a média é de 5 dias, o que, certamente, brilha os olhos de muitos consumidores. Como a operação é bem mais simplificada, além de os prazos serem mais curtos, eles costumam ser respeitados com maior facilidade, garantindo a satisfação dos clientes.

seta2 Mais proximidade com o fornecedor 



Outro destaque é a facilidade de resolver qualquer tipo de problema ou imprevisto pelo caminho. Afinal, o fornecedor está mais próximo tanto em questões geográficas, como também pelo mesmo idioma e trabalha com a mesma moeda. As barreiras culturais não são um problema para esse tipo de e-commerce.

 

seta2 Produtos de qualidade superior aos internacionais



Na modalidade nacional, é muito mais fácil testar a eficiência logística do parceiro, assim como a qualidade da mercadoria, e simular a experiência de compra do cliente. Para fazer isso, basta solicitar uma amostra dos produtos para o fornecedor.

 

seta2 Desenvolvimento de outros fornecedores



Um erro que custa caro a diversos negócios é depositar muita confiança e ficar dependente de um único fornecedor. É muito difícil assegurar que ele nunca desistirá da parceria, que não irá aumentar os preços de uma hora para outra, passar por uma crise, ou que esteja com o estoque e capacidade produtiva sempre em dia. Por isso, é muito importante poder contar com outros parceiros de negócio para garantir que você consiga sempre manter uma experiência consistente aos seus consumidores. 

 

seta2 Possibilidade de pagar pelos produtos depois de sua entrega



Essa é mais uma vantagem pensando principalmente na gestão financeira do e-commerce. Afinal, o lojista só paga pelos produtos que de fato vende e, em alguns casos, somente depois de entregue ao consumidor final. Isso, certamente, facilita a gestão financeira, projeções e previsibilidade do faturamento, pois o empreendedor obtém seus lucros a partir da diferença entre o preço de venda e aquele negociado com o fornecedor. 

 

Dropshipping nacional: uma alternativa para começar a vender

Como você viu, investir no dropshipping é uma excelente solução para quem deseja iniciar no mundo do e-commerce. E com a modalidade nacional e suas vantagens, essa possibilidade está ainda mais próxima. Conheça mais sobre essa maneira de vender on-line e encontre fornecedores que estejam alinhados com o seu negócio. 

 

venda com dropshipping - dropshipping com mercado pago


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados