Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

As transações com Pix são seguras?

Autenticação, criptografia, validação de identidade e motores antifraude são algumas das medidas para que seus pagamentos instantâneos sejam ainda mais seguros. Entenda como o Pix do Mercado Pago protege suas transações!
transações com pix são seguras? pix é seguro? transferência com pix é seguro?

O novo meio de pagamento do Banco Central está chegando e já é possível cadastrar suas chaves nas instituições financeiras que o oferecem, inclusive no Mercado Pago. 

A grande novidade é que o Pix vai permitir pagamentos e transferências durante 24 horas por dia e sete dias por semana - inclusive finais de semana e feriados. Além disso, o recebedor terá acesso ao valor transferido em poucos segundos, mesmo quando a transação acontecer entre instituições financeiras diferentes.

Todos esses benefícios têm gerado muita expectativa para essa grande novidade, que promete trazer mais agilidade e facilidade às transações comerciais e transferências de valores. A grande pergunta que fica, no entanto, é: quanto o Pix é seguro? E é exatamente sobre isso que vamos falar.

 

É seguro fazer transações com o Pix?


Assim como tudo o que é novo e que envolve transações digitais, a segurança com relação ao Pix é um fator que passa pela cabeça de muita gente, principalmente na dos brasileiros. Segundo uma pesquisa realizada pela Grom From Knowledge (GFK) demonstrou que o brasileiro é desconfiado, por isso demandam mais segurança em transações e experiências. E a questão é que sim, fazer um Pix será ainda mais seguro quanto usar outros meios de pagamento.

seta2 Autenticação e criptografia



Além de todos os selos, certificados e diretrizes de segurança, todas as transações Pix serão criptografadas pelo Banco Central e autenticadas, contando com os protocolos de segurança oferecidos pelos próprios bancos e aplicativos.

seta2 Chave Pix

 

Utilizar a chave PIX é uma maneira de proteger ainda mais seus dados bancários e pessoais, pois o seu uso deixa de exigir o compartilhamento de muitas informações sensíveis. Ou seja, você compartilha apenas a sua chave Pix que é totalmente segura.

Leia mais: O que é e como funciona a chave Pix?

seta2 Confirmação de identidade

 

Com o Pix, o usuário pagador confirma previamente a sua identidade ao validar informações cadastrais e do dispositivo que será utilizado para transações, posteriormente fatores de autenticação podem ser solicitados. Para transações, o usuário pagador poderá confirmar na hora as informações do usuário recebedor para ter certeza que está transferindo para a pessoa correta. Recomendamos sempre confirmar essa informação antes de efetivar o pagamento ou transferência.

seta2 Limites de valor

 

Cada instituição participante poderá determinar um valor limite com o intuito de tornar as transações mais seguras, evitando possíveis fraudes. Sendo assim, o Pix terá limites de valor  assim como qualquer meio de pagamento.

seta2 Motores antifraude

 

São os responsáveis por identificar transações fora do normal ou que não correspondem com o perfil do usuário, fazendo com que as transações suspeitas fiquem bloqueadas por até 30 minutos, durante o dia, e até 60 minutos no período da noite.  Os motores antifraude serão operados pelas instituições que oferecem o Pix e rejeitarão as solicitações que não se confirmarem como seguras.

seta2 Marcadores de fraude

 

De acordo com o Banco Central, na base de dados do Diretório de Identificadores de Contas Transacionais (DICT), existem mecanismos de proteção que impedem varreduras das informações pessoais e que permitem a criação de marcadores de fraude, ou seja, qualquer suspeita de fraude ou a comprovação de uma fraude todas as instituições são notificadas e alertadas.

Tudo isso aumenta a proteção desse novo meio de pagamento e ajuda a garantir transações mais seguras para quem paga e para quem recebe. É claro que, mesmo com tantas validações e tanta segurança, ainda é essencial que o usuário esteja sempre atento para não passar seus dados para estranhos e não caírem em golpes.

 

Como é a segurança do Pix com Mercado Pago?


Além da segurança que o próprio Pix oferece, o Mercado Pago também ajuda a deixar o processo de pagamento com este novo meio ainda mais robusto. Isso porque nossa plataforma já conta com uma série de procedimentos de segurança para garantir que uma transação esteja dentro do padrão de comportamento do cliente.

Utilizamos também o nosso próprio sistema antifraude que conta com inteligência artificial e machine learning para identificar qualquer movimentação estranha em um pagamento ou transferência, que será avaliada antes de ser aprovada.

Além disso, para usar o Pix dentro do Mercado Pago, será exigida a autenticação do usuário, garantindo mais segurança para você!

 

Cadastre suas chaves e use o Pix no Mercado Pago!

 

O Pix promete uma experiência de pagamento diferenciada e instantânea, além de extremamente segura. Com Mercado Pago, tudo isso fica potencializado, trazendo mais benefícios para quem compra e para quem vende. Cadastre sua Chave Pix no Mercado Pago e aproveite mais este meio de pagamento.

 

pix - chave pix - pix mercado pago


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados